Americana, São Paulo


Americana, São Paulo

Infobox City
official_name = Americana


imagesize =
image_caption =
nickname =
motto =


image_shield = Brasão Americana.jpg



mapsize = 250px
pushpin_

map_caption = Location in the São Paulo state.
subdivision_type = Country
subdivision_type1 = Region
subdivision_type2 = State
subdivision_name = flagicon|BRA Brazil
subdivision_name1 = Southeast
subdivision_name2 = São Paulo
leader_title = Mayor
leader_name = Erich Hetzl Júnior (PDT)
area_note =
area_magnitude = 1 E9
area_total_km2 = 133.630
population_as_of = 2007
population_total = 199.094
population_footnotes = cite web|url=http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/contagem2007/popmunic2007layoutTCU14112007.xls|title=Estimativas - Contagem da População 2007|publisher=IBGE|accessdate=2008-07-11]
population_density_km2 = 1.525
timezone = UTC-3
utc_offset = -3
latd=22 |latm=44 |lats=19 |latNS=S
longd=47 |longm=19 |longs=52 |longEW=W
elevation_m = 545
elevation_ft =
blank_name = HDI (2000)
blank_info = 0.840 – high
website = [http://www.americana.sp.gov.br Americana website]
footnotes =

Americana is a city ("município") located in the Brazilian state of São Paulo. As of the year 2000, Americana had around 203,000 inhabitants.

The original settlement evolved around the local railway station, founded in 1875, and the development of a cotton weaving factory in a nearby farm.

After 1866, several Confederate refugees from the American Civil War settled in the region. Among them, there was William Hutchinson Norris, a senator from Alabama. Due to Italian immigration at the near of the 19th century and beginning of the 20th century, only some 10 percent of the current population are of Confederado descent and about a dozen English-speaking families remain in the area.About 300 of the Confederados are members of the "Fraternidade Descendência Americana" (Fraternity of American Descendants). They meet quarterly at the Campo Cemetery.

The city was known as "Vila dos Americanos" ("American' Village") until 1904, when it belonged to the city of Santa Bárbara d'Oeste. It became a district in 1924 and a municipality in 1953.

Americana has several museums and tourist attractions, including the "Pedagogic Historical Museum" and the "Contemporary Art Museum".

Rio Branco Esporte Clube, founded in 1913, is the football (soccer) club of the city. The team plays their home matches at Estádio Décio Vitta, which has a maximum capacity of 15,000 people.

History

The first records on the occupation of the lands where Americana now stands date from the late 18th century, when Domingos da Costa Machado I acquired a crown property between the municipalities of Vila Nova da Constituição (now Piracicaba) and Vila de São Carlos (now Campinas). In that area several estates were created, including Salto Grande, Machadinho, and Palmeiras.

A part of the property, which included the Machadinho estate, was sold by Domingos da Costa Machado II to Antônio Bueno Rangel. After Rangel's death, the estate was divided between his sons José and Basílio Bueno Rangel. A part of the property was afterwards sold to the captain of the Brazilian National Guard, Ignácio Corrêa Pacheco, who is considered the founder of Americana.BIANCO, Jessyr Americana – Edição Histórica. Americana: Editora Focus, 1975] Jolumá Brito, História de Campinas Vol XVIII] [http://www.americana.sp.gov.br/esmv4/americana_13.asp?codsub=0&codcat=3&codit=40&codpage=1&codimp=1 Resumo Histórico - Prefeitura de Americana] ]

North-American Immigration

In 1866, the region started to be effectively populated with North-American immigrants from the defunct Confederate States of America, who were running away from the aftermath of the Secession War. The first immigrant to arrive was the lawyer and ex-senator of Alabama, colonel William Hutchinson Norris. Norris installed himself in lands near the seat of the Machadinho estate and the Quilombo River. In 1867 the rest of his family arrived in Brazil, accompanied by other families from the Confederate States. These families settled in the region, bringing agricultural innovations and a kind of watermelon known as "Georgia's rattlesnake".

In 1875, almost a decade after the arrival of the confederate immigrants in the region, the São Paulo Railways Company completed the expansion of its main railway to the city of Rio Claro. A station was built within the lands of the Machadinho estate. Despite belonging to the municipality of Campinas, the station was made to serve the estates in the municipality of Santa Bárbara d'Oeste, which was further away and had no station of its own. The inauguration of the station counted with the presence of the emperor Pedro II and Gaston, comte d'Eu. The station was baptized "Santa Bárbara station". It is unknown exactly when the small village became the city of Americana, but it is known that this village was created by the time of the inauguration of the railway station, and that it was Ignácio Corrêa Pacheco who distributed the lands. Pacheco is thus considered the founder of the city. The municipal holiday of Americana is still August 27, the day when the railway station was inaugurated.

The small town formed around the station was officially named "Villa da Estação de Santa Bárbara" (Santa Bárbara Station Town). Its inhabitants consisted mainly of American families, and the town became thus popularly known as "Villa dos Americanos" (Town of the Americans). The similarity between the official name of the town and the one of the neighboring municipality frequently caused serious communication problems, such as mail to Santa Bárbara Station often being shipped to the municipality of Santa Bárbara, ten kilometers away. In order to solve the problem, the railway company changed the name of the station in 1900 to "Estação de Villa Americana" (American Town Station). The name of the town itself was then also officially changed to "Villa Americana" (American Town).

Carioba

In the 1890s, the farm known as "Fazenda Salto Grande" was purchased by the American Clement Willmot. Willmot established the first industry in Americana under the company name Clement H. Willmot & Cia. In 1889, the factory was renamed "Fábrica de Tecidos Carioba" (Carioba Textile Factory). The name "Carioba" derives from the Tupi-Guarani words for “white cloth.”

The factory ran into financial trouble after the abolition of slavery in Brazil, and was purchased by German immigrants to Brazil, members of the Müller family. The town of Carioba sprang up around the factory. The German immigrants brought European-style urbanization to Carioba, and houses, manors, factories, hotels, and schools were built in the German architectural style. Asphalt of tar ("piche") was first imported from Europe into Americana, and utilized in the Brazilian town. The factory became the basis for the present-day "Parque Industrial de Americana" (Industrial Park of Americana).

Italian immigration

On October 8, 1887, Joaquim Boer led a large group of Italian immigrants to Brazil. At Americana these Italian immigrants built the first church in 1896, which was dedicated to Saint Anthony of Padua, who became patron saint of the city. This group of Italian Brazilians contributed to the development of the town because of their excellent farming skills.

Starting on June 13, a great festival is celebrated in honor of Saint Anthony, with bonfires, first organized by a man named Vicente Ardito. It was a very traditional festival that brought people from all over the region.

The first years in Americana were difficult for the Italian Brazilians. They lived in the slave quarters with the black slaves, and suffered from a lack of comfort and unhealthy conditions. The Italians worked as indentured servants, paying off their debts to the farmers who had paid for their passage to Brazil, and were often exploited, until the system was revamped and improved. Their descendants went on to become laborers, merchants, and professionals.

Elihu Root's Visit

In 1906, two years after the creation of the Distrito de Paz de Villa Americana, the municipality received a visit from Elihu Root, United States Secretary of State, who had been attending and presiding the Pan-American Conference held in Rio de Janeiro. After the conference, Root visited other parts of Brazil (such as Araras), and was informed of the existence of Americana. Root expressed interest in visiting the town, and was received at Americana with great emotion and affection. Hundreds of the residents received Root at nighttime, and because there was no electricity residents carried torches. Root was touched by their reception.

Autonomy

With the change in status from village to district, Americana developed rapidly. Its first police force was created, a sub prefecture was established, and three street lights –lit by kerosene and brought from Germany- were introduced. A school was also established, with the sending of the educator Silvino José de Oliveira to represent Americana’s interests with the state government. All of these developments led the local inhabitants to clamor for the status of a city.

In 1922, Villa Americana was one of the most progressive districts in Campinas with a population of 4,500. In this year, the fight to change its status to city began, led by Antonio Lobo and others, such as Lieutenant Antas de Abreu, Cícero Jones and Hermann Müller himself. Their efforts finally bore fruit: on November 12, 1924, the Municipality of Villa Americana was created [ [http://www.americana.sp.gov.br/legislacao/Antigos/lei%201983-1924.htm Lei nº 1983 de 12 de novembro de 1924] ] , comprising two districts: Villa Americana and Nova Odessa, Nova Odesa later becoming its own municipality.

Constitutionalist Revolution and Economic Development

.At the time of the beginning of the Getúlio Vargas dictatorship in Brazil in 1930, Americana was undergoing a profound economic transformation due to the rise of the textile industry there (the city was known as the “Rayon Capital”).

In 1932, during the administration of Mayor Antonio Zanaga, the revolt known as the Constitutionalist Revolution erupted against Vargas' regime. Americana sent volunteers to this revolution, and three of them, Jorge Jones, Fernando de Camargo and Aristeu Valente (from Nova Odessa, then part of Americana), perished during the struggle. Their sacrifice is remembered in Americana to this day.

In 1938, Mayor Zanaga changed the name of the town from Villa Americana to Americana, and due to the economic transformation of the town, the Comarca of Americana was created on December 31, 1953 during the administration of Mayor Jorge Arbix. In 1959, during the administration of Mayor Abrahim Abraham, Nova Odessa was made autonomous as its own municipality.

Between 1960 and 1970, the rapid development of Americana caused many people to relocate to search for work. Because of its size, there was not enough room to accommodate the new residents and many lived in the border of Santa Bárbara and Americana, creating what is known today as "Zona Leste de Santa Bárbara" (East Santa Barbara).

The same also occurred because the majority of the population were unaware of the location where one municipal started and where another started. The confusion came about because municipio's limits were not yet fully determined. The problem was solved with the creation of a major Avenue, today called Avenida da Amizade (Friendship Avenue) being the dividing line.

At the same time as these developments, some problems were also created. The sudden increase in population caused an unbalance in the public accounts of the município, which was not ready for such a great number of new residents.

Geography

Location

Americana is located in the center-east region of the state of São Paulo, Southeast Region.

* 124 km from São Paulo
* 205 km from Porto de Santos
* 20 km do trevo de confluência das rodovias Anhangüera e Dom Pedro I
* 35 km from Campinas
* 110 km from São Carlos
* 150 km from São Bernardo do Campo
* 30 km from Piracicaba
* 15 km from Replan em Paulínia

Relevo e solo

Com uma altitude média de 528,5 metros o território do município é levemente acidentado, sem elevações expressivas, apresentando as características da parte planáltica denominada depressão periférica paulista. O solo integra a região sedimentar paleozoica (massapé e terra roxa).

Hidrografia

A cidade está localizada na bacia do Rio Piracicaba, que se forma em Americana, na junção dos rios Atibaia e Jaguari. O Rio Atibaia forma a Represa de Salto Grande, onde se encontra a Usina Hidrelétrica de Salto Grande, em operação desde 1949 com três unidades geradoras. Há também inúmeros córregos e ribeirões, sendo o Ribeirão Quilombo o principal deles.

Climate

O clima é tropical com inverno seco (Köppen: Aw), com temperatura média mínima de 15,3° e máxima de 28,2°.


;Dados de 2006

População Total: 203.845
* Urbana: 99,5%
* Rural: 0,5 %
** Homens: 49%
** Mulheres: 51%

Densidade demográfica (hab./km²): 1.497,06

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 13,62

Expectativa de vida (anos): 72,46

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 1,96

Taxa de Alfabetização: 95,62%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,840

* IDH-M Renda: 0,801
* IDH-M Longevidade: 0,791
* IDH-M Educação: 0,928

Produto Interno Bruto (PIB)
* PIB (2005): R$ 4.318.740.000,00
* PIB Per Capita (2005): R$ 21.528,00

(Fonte: IPEADATA)

;Etnias"Fonte: Censo de 2000"

Infra-estrutura

Urbanização

Americana possui zoneamento urbano que favorece a locomoção entre os diferentes pontos da cidade, facilitando acesso aos bairros e zonas industriais. A cidade não tem favela graças a programas habitacionais que atendem de forma diferenciada os segmentos da população, com projetos de mutirões e financiamentos populares. [http://www.guiaamericana.com.br/2007/habitacao.asp Guia Americana - Habitação] ] O município tem 95% de suas ruas asfaltadas, 95% de casas com rede de água e esgoto, 100% das residências com iluminação pública e 85% de seu esgoto é tratado. A coleta de lixo atende de forma diversificada 98% da cidade, contando residências, indústrias e hospitais. A coleta seletiva está sendo gradualmente implantada no Município.Americana com pouco mais de 200 mil habitantes já apresenta sinais, da rotina de cidades grandes, um deles é o trânsito pesado, que vem fazendo parte do cotidiano dos motoristas americanenses, com horários específicos, são eles: entre 6:00 e 8:00, entre 11:00 e 14:00 e entre 17:00 e 20:00.

egurança

Há o policiamento realizado pelos 191 policiais pertencentes ao 19º Batalhão da PM do estado de São Paulo. Americana tem 15 delegados, 27 escrivães, 40 investigadores e 192 guardas municipais da GAMA (Guarda Armada Municipal de Americana).O Corpo de Bombeiros se enquadra na categoria 1 como um dos mais bem aparelhados do Estado de São Paulo, com um contingente de cerca de 30 homens, que operam com duas viaturas de resgate e três de combate a incêndios.

aneamento

A água de Americana é tratada pelo Departamento de Água e Esgoto (DAE), que captura do Rio Piracicaba 900 litros por segundo de água, que em seguida é encaminhada para o processo de tratamento em uma das duas Estações de Tratamento de Água (ETA), que através de processo convencional tratam cerca de 77 milhões de litros de água por dia e distribui para mais de 60 mil residências do município.

Devido à presença de Cyanobactérias e algumas espécies de algas, a água de Americana é tratada com Carvão ativado "(10 ppm)", pois o tratamento com cloro ou sulfato de cobre, provoca estresse nestes organismos, o que pode causar a liberação de toxinas na água. O tratamento com carvão ativado não oferece nenhum risco à população.

Durante todo o tratamento são realizadas análises de controle operacional que visam aferir a eficiência de cada fase do processo empregado. Diariamente são feitas coletas em vários pontos da cidade com a finalidade de se realizar analises físico-químicas e microbiológicas, nos laboratórios da ETA, no intuito de garantir a qualidade da água distribuída e a conformidade com a legislação federal vigente (portaria 1469 – FUNASA – MS).

Além de todo o controle laboratorial utiliza-se como auxiliar um lago de controle biológico de qualidade, onde espécies sensíveis de peixes detectam as menores variações nos aspectos físico-químicos da água tratada. [ [http://www.daeamericana.com.br/educacional/ETA%20-%20Estação%20de%20Tratamento%20de%20Água.pdf Departamento de Água e Esgoto de Americana(DAE)] ]

Culture

Theatres

*The Teatro de Arena Elis Regina, or the "Elis Regina Sand Theater" (referring to the sand that is the primary surface of the theater), was built in 1981, and served as the venue for various artists. It was then abandoned for more than a decade, serving as a site for prostitution and drugs. In 2000, a reconstruction program began, and due to financial reasons, the project took four years, with the theater being reopened on September 22, 2004. The theater was rebuilt with the idea of a circus in mind: it would offer various entertaining spectacles and activities simultaneously, and the theater was covered with a white canvas sheet in the shape of an arc, evoking an impression of lightness and brightness. The theater offers 1100 seats in the covered auditorium, two dressing rooms, and ample parking.

*Teatro Municipal Lulu Benencasse, or "Lulu Benencasse Municipal Theater", was opened in 1986, occupying the building of the old "Cine Brasil", which for decades had been a hang-out for young "americanenses". Since its inauguration, it has served as the venue for various cultural offerings, such as plays, dance performances, and music, as well as different social and artistic programs for artists of the city and region. The theater was chosen as a film location by the producers of the film "Por Trás do Pano" (1999, with Denise Fraga) due to its traditional appearance. The theater has 840 seats.

Municipal Library

The Municipal Library, named after the teacher Jandira Basseto Pântano, was founded on October 25, 1955. It occupies the old building belonging to the Academic Group "Dr. Heitor Penteado" on Comendador Müller Square, near the parent church of Sato Antônio. It contains 41429 books on various general subjects and 9051 children’s books, totalling 50,480 books (as of June 1999), as well as 114 various newspapers, 24,445 fascicles, and 46 children's magazines. The average number of visitors in 1998 was 600 people, who mostly came in the afternoon. Its enrolled number of associates totals 31,900 people, as of December 1998.

Jandira Basseto Pântano was born on October 27, 1918 in Americana. She received her elementary education at the Escolas Reunidas, one of the first schools founded in the city. She completed her education at Campinas and in January 1938 was named a substitute teacher at the Academic Group "Dr. Heitor Penteado" before becoming a full-time teacher there. She worked as a teacher at the school for 22 years, and was noted for her hard work and diligence. She worked with all of the grades, but she preferred to work with the fourth year students, and prepare them for the wider world. She retired on March 9, 1968 and died on June 7, 1988. Up until her death, she continued to receive students at her home, helping illiterate adults and poor children.

Museums and cultural centers

*"Museum of Contemporary Art" ("Museu de Arte Contemporânea (MAC)"): Founded in 1978, it is found in a building attached to the Municipal Library. It contains 260 works of art by contemporary artists, including paintings, sculpture, engravings, designs, photographs, and artistic installations. The museum features exhibitions by local artists and by artists from other cities, as well as workshops and classes. It also contains a library and holds an annual national contest, which gives the "Prêmio Revelação de Artes Plásticas" ("Revelation Prize of Plastic Arts") to young artists.

*"Conselheiro João Carrão" Historic and Pedagogical Museum" ("Museu Histórico e Pedagógico "Conselheiro João Carrão"): This museum is located in the old farm known as Salto Grande built in colonial Minas Gerais style from taipa according to the “pilão” technique, where the material is piled and compressed into horizontal layers a course at a time, with foundations made from real wood. Located at the confluence of the Atibaia and Jaguari Rivers, the museum contains photographs, maps, historical artifacts and machines, furniture, and torture devices used during the slavery system.

*Casa de Cultura Hermann Müller: Localizada na antiga casa da Família Müller, a Casa de Cultura, vinculada a Secretaria de Educação e Cultura, tem como objetivo fomentar a produção cultural, oferecendo a população um espaço de lazer e atividades. O local é um recanto de rara beleza natural que chegou ao apogeu de seu desenvolvimento têxtil, arquitetônico e paisagístico, sob a administração de família Müller. Estes proprietários, de origem alemã, transportaram para a localidade toda a concepção de urbanização baseada num estilo que se materializou nas edificações das fábricas, residências patronais, hotéis, escolas, cooperativas e moradias dos operários. Carioba oferecia inúmeras possibilidades de educação e lazer em meio a uma intensa participação cultural. Por várias décadas o bairro foi o centro da atividade têxtil, até que em meados de 1940 o setor começou a se difundir em Villa Americana. As pessoas que nasceram em Carioba se empenharam pela preservação do conjunto arquitetônico, mas, durante a década de 80, após o pedido de tombamento junto ao Condephaat ter sido arquivado, Carioba teve grande parte de seus prédios demolidos, principalmente as construções operárias. O acervo remasnescente é hoje de propriedade do poder público.

*Estação Cultural: Funciona no antigo prédio da Estação Ferroviária de Americana, fundado em agosto de 1875 e que foi doado pela Fepasa para a Prefeitura Municipal. Com o fim do transporte ferroviário de passageiros, a estação foi entrando num processo de degradação que culminou na transformação do predio em moradia de mendingos, menores e usuários de drogas, que inclusive a ultilizavam como banheiro. Além do incomodo cheiro de urina, a estação atraia animais peçonhentos devido ao mato alto nos trilhos. Esta situação estendeu-se até 2004 quando foi restaurada e finalmente reinaugurada, no dia 22 de dezembro. Desde então nomeada como "Estação Cultural" está abrigando projetos da Secretaria de Cultura e Turismo da cidade, como o Raízes e o Arte na Praça. O espaço conta ainda com áreas destinadas a Casa do Artesão, Cine Clube, salas de exposições e balcão de informações turísticas. A reforma da Estação foi uma parceria entre a Prefeitura Municipal e o Projeto de Revitalização da Área Central de Americana.

*Arquivo Histórico Municipal: Instalado na antiga escola do bairro Carioba, foi inaugurado no dia 27 de agosto de 2001, data oficial da fundação do município (1875). O vasto e precioso arquivo de documentos oficiais, desde a fundação da Fábrica de Tecidos Carioba no ano de 1875, que coincide com a inauguração da Estação Ferroviária do Município, que contou com a presença de D. Pedro II, esta reunido em tradicional prédio, para pesquisa de estudantes, historiadores e demais interessados, onde também serão mantidas exposições permanentes. Como primeira etapa, foi providenciado a recuperação e adaptação do velho prédio. Na segunda etapa aconteceu o penoso trabalho de reunir e selecionar documentos que marcaram mais de 125 anos de história do nosso município, em parceria da Administração com o Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico e Cultural de Americana (Condepham).

Orquestra Sinfônica e Banda Municipal

Criada em 1987 ainda como Orquestra de Câmara ela reunia pouco mais de 10 músicos com repertório voltado para o clássico e a música barroca. Mantida totalmente pela Prefeitura Municipal, se tornou Sinfônica em 1997, com a contratação de mais músicos completando os naipes de cordas, sopro de madeira e metal. Fazem parte da orquestra 44 músicos profissionais. A orquestra desenvolvende vários trabalhos que visam a valorização e a aproximação do público com a música sinfônica. Destaca-se o "Encontro com a Sinfônica", dedicado as crianças e jovens que têm oportunidade de conhecer de perto o funcionamento de uma orquestra, os instrumentos musicais e o seu repertório. O Movimento Corais tem oferecido a oportunidade de participação dos vários corais existentes na cidade em concertos com a própria orquestra. Os concertos Clássicos são dedicados a execução das obras dos grandes mestres da música sinfônica. A orquestra também gravou um CD com a dupla Sá & Guanabira. Recentemente, foi lançado o segundo CD intitulado "Caipira Clássico" onde, em parceria com os violinistas Paulinho Nogueira e Laércio Ilhabela, recria alguns clássicos da verdadeira música caipira brasileira em arranjos sinfônicos. A Banda Municipal "Monsenhor Nazareno Maggi" foi fundada em novembro de 1973, e tem uma importante trajetória cultural de valorização da música de boa qualidade, com apresentações e participações em festivais, além de colecionar vários prêmios em concursos por todo o Brasil e revelar novos talentos.

Religion

*"Roman Catholicism": Since the dismemberment of the Archdiocese of Campinas in 1976, Americana fell under the Catholic diocese of Limeira. Americana has a strong Catholic tradition due to the influence of its Italian immigrants, who first began arriving in 1887. The first church at Americana was built in the middle of 1896 and dedicated to Saint Anthony of Padua, who became the patron saint of the city. The city possesses one of the biggest Catholic churches in the country built in the Neoclassical style, the New Mother Church of Saint Anthony ("Matriz Nova de Santo Antônio"), which is also the biggest church in the diocese of Limeira. [http://www.oliberalnet.com.br/cadernos/cidades_ver.asp?c=02EA8F6FB46 Matéria no Jornal O Liberal sobre a Matriz] ] .

*"Protestantism and evangelicalism": Americana is home to people of the Protestant, Pentecostal, and Neopentecostal faiths, as well as adherents of the various other faiths: Nazarene, Presbyterian, Methodist, Baptist, Assembly of God, Adventist, Universal Church, and Jehovah's Witnesses. The immigrants from the United States brought with them various customs and religions, mostly of the Presbyterian and Baptist denominations.

ports

In football the city is represented by Rio Branco Esporte Clube, founded in August 4, 1913. Rio Branco played in Series A of the Campeonato Paulista since 1992 and was relegated in 2007.

It also plays in Series C of the Campeonato Brasileiro. Its stadium is Décio Vitta, with a capacity of 15,000.

Americana is the hometown of Paralympics swimmer Danilo Binda Glasser, winner of two bronze medals in the Paralympics of Sydney 2000 and at Athens 2004, and many other medals.

Tourism

Parque ecológico

O Parque Ecológico Municipal de Americana "Cid Almeida Franco", foi inaugurado em 12 de outubro de 1984. Está localizado no final da Avenida Brasil, com uma área de 120 mil metros quadrados. Posteriormente foi transformado em um dos mais bem estruturados zoológicos do estado de São Paulo. Atualmente uma das grandes finalidades do parque é utilizar os animais mantidos em cativeiro na realização de trabalhos de educação ambiental, tentando mostrar que nós temos a grande responsabilidade na sobrevivência das espécies animais e vegetais.

Atualmente contamos com um plantel de aproximadamente 500 animais (entre répteis, aves e mamíferos) de 100 espécies diferentes, sendo que mais de 80% deles pertecem a fauna brasileira. Muitos deles estão ameaçados de extinção, o que mostra a preocupação com o estudo e a conservação dos animais brasileiros.

Além dos animais em cativeiro que recebem cuidados especiais (recintos bem elaborados e alimentação especial), a área do Parque Ecológico recebe inúmeras espécies de aves livres e comuns na cidade, que encontram condições ambientais para sua sobrevivência. O número de visitantes tem sido de 500 mil por ano.

Matriz Nova de Santo Antônio

Os cerca de três milhões de tijolos, 30 metros de largura, 80 metros de comprimento, 22 metros de altura na nave central, 50 metros de cúpula e 42 metros de piso, revelam a imponência da Matriz. Além desta gigantesca estrutura arquitetônica em estilo neoclássico, a igreja guarda um rico patrimônio de arte sacra. Suas paredes e teto têm pinturas que são verdadeiras obras de arte, pintadas pelos irmãos Pedro e Uldorico Gentilli. Pedro Gentilli começou a trabalhar em 1961 e acabou morrendo envenenado pela tinta que usava em 8 de agosto de 1968. Adoeceu quando pintava o quadro da morte de São José, que foi mantido inacabado. A obra da pintura da igreja continuou com seu irmão Uldorico Gentilli, que terminou o trabalho em 1972. Além da pintura, esculpiu doze imagens para o lado externo da cúpula. Destas imagens, oito medem 3,4 metros de altura e quatro medem 2,40 metros. As figuras foram modeladas em barro e depois fundidas em cimento. Mais tarde, em 1959, foi instalado em cima da cúpula uma imagem de Santo Antonio com 4,10 metros de altura, junto com os sinos. De cada janela foi feito um vitral com um dos dez mandamentos, feitos por diversos artistas, seguindo as imagens bíblicas, já selecionadas pelo monsenhor Nazareno Maggi. A pintura foi feita em vidros importados da Alemanha, que foram cozidos no fogo. A igreja tornou-se um dos principais pontos turísticos da cidade. Está em andamento o projeto de transformação da igreja em Basílica. [ [http://www2.uol.com.br/tododia/ano2000/setembro/dia07/seculo.htm Matéria do Jornal Todo Dia sobre a Matriz] ]

Festa do Peão

O rodeio de Americana teve início em 1987, através da parceria entre o CCA (Clube dos Cavaleiros de Americana) e Zé do Prato, o maior locutor de rodeios do Brasil. A idéia da festa surgiu durante uma romaria à Bom Jesus de Pirapora, do Presidente do atual CCA Beto Lahr. E o primeiro rodeio de Americana aconteceu no recinto da Fidam (Feira Industrial de Americana) no coração da cidade.

O evento, que começou com público de pouco mais de 25 mil pessoas, hoje atrai multidão superior a 400 mil pessoas. A festa ganha destaque pelas inovações tecnológicas, shows da atualidade e demais atrações, além de diversos prêmios.

O que mais chama a atenção na Festa do Peão de Americana é sua mega estrutura, só a arquibancada montada ao redor da Arena é considerada a maior da América Latina. Além disso, todos os camarotes oferecidos são amplos e bem decorados com acesso a um lounge tematizado em estilo country que todos os anos faz o maior sucesso. Outra facilidade é sua praça de alimentação que oferece variedades gastronômicas para todos os gostos.

Assim, como em todos os grandes rodeios, a Festa conta anualmente com a presença de artistas famosos da música sertaneja e do pop nacional que se apresentam em shows exclusivos para o evento. Para representar a religiosidade e a tradição da cidade, foi montada a Vila Aparecidinha, onde fica a Igrejinha de Nossa Senhora Aparecida, onde, antes da montaria peões e público fazem seus pedidos.

A qualidade do seu Rodeio já rendeu muitos prêmios para Americana. O principal deles foi o título de "Melhor Festa do Peão do Brasil", através do troféu Arena de Ouro. A cidade ainda carrega o título de "Melhor Comissão Organizadora" e do "Melhor Público de Rodeio", o que, garantem os organizadores, não foi nada fácil de conquistar.

Um dos orgulhos do Clube dos Cavaleiros de Americana é o fato de desde a criação da Festa, entidades assistenciais serem beneficiadas com direito a participarem do evento através da colocação de barracas dentro do Parque como forma de arrecadar fundos para seus trabalhos, cumprindo assim a intenção inicial do Rodeio.

Muitos visitantes deixam para comprar seu traje de peão na própria cidade para aproveitar os bons preços oferecidos. Além das muitas opções e estilos de chapéus, cintos e camisas estilo country, o forte do comércio local são as botas feitas de couro de avestruz. Depois das compras, nada melhor do que ir para o Parque de Rodeios e se entregar a emoção da Festa.

Economy

Americana é hoje um importante foco de investimento nacional e internacional. Com mão-de-obra qualificada em diversos setores, o município destaca-se como um dos principais pólos fabricantes de tecidos planos de fibras artificiais e sintéticas da América Latina. Americana é a 72ª cidade mais rica do Brasil e a 4ª mais rica da Região Metropolitana de Campinas, exibindo um PIB de R$ 4,3 bilhões [ [http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/economia/pibmunicipios/2005/tab02.pdf Posição ocupada pelos 100 maiores municípios em relação ao Produto Interno Bruto a preços correntes e participações percentuais relativa e acumulada, segundo os municípios e respectivas Unidades da Federação - 2005] ] .

Educação

Escolas estaduais

São 38 estaduais de 1º e 2º graus, um centro estadual de ensino Supletivo (Ceesa), um Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza (ETE Polivalente).

Escolas municipais

São duas escolas de ensino fundamental (EMEF), 31 Escolas de Ensino Infantil (EMEIs), quatro Centros Integrados de Educação Pública, um centro Atendimento Integrado à Comunidade (CAIC), doze creches e quatro Casas da Criança (Ensino Infantil Integrado).

Escolas particulares

São nove de 1º e 2º graus, 35 de educação infantil e duas de educação especial.

Escolas técnicas e profissionalizantes

* Colégio Cezanne
* Escola Técnica Estadual Polivalente de Americana (ETEPA)
* Politec
* Colégio Bandeirantes
* Colégio D. Pedro II
* Serviço Nacional de Aprendizado Industrial (SENAI)
* Serviço Social da Indústria (SESI)
* Centro de Capacitação Profissional (CECAP)
* Dom Bosco
* Colégio Antares
* Colegio Anglo Campinas - Unidade Americana!

Faculdades

* Centro Universitário Salesiano de São Paulo (UNISAL)
* Faculdade de Tecnologia de Americana (FATEC Americana)
* Faculdade de Americana (FAM) [http://www.fam.br]
* Instituto de Ensino Superior de Americana (IESA)

Transport

Ônibus e táxi

O transporte coletivo urbano é feito pela empresa Viação Princesa Tecelã (VPT) e pela Viação Cidade de Americana (VCA).

Diariamente circulam 50 linhas na cidade, sendo atendidas com 109 ônibus, transportando em média 14 milhões de passageiros por ano. Além das linhas intermunicipais gerenciadas pela EMTU-SP.

A cidade conta com um terminal rodoviário que atende 71 mil pessoas por mês para linhas de ônibus intermunicipais e interestaduais.

Americana também conta com uma frota de 102 taxis.

Aeroporto de Americana

O Aeroporto de Americana é um importante referencial do tráfego aéreo da região, possui pista asfaltada, iluminada (para vôos noturnos), com balizamento e dimensões de 1200x30 metros.

São realizados cerca de 260 pousos e decolagens mensalmente. Em aprovação no SERAC-4 e na ANAC o Plano Emergencial para Acidentes Aeronáuticos e o Plano Básico de Zonas de proteção e de Ruído. Seu projeto de revitalização encontra-se em andamento.

Roads

* SP-304 - Rodovia Luís de Queirós
* SP-330 - Rodovia Anhangüera

Main roads

*Avenida Brasil
*Avenida de Cillo
*Avenida Campos Sales
*Avenida Iacanga
*Avenida Pascoal Ardito
*Avenida Antônio Pinto Duarte
*Avenida Dr. Antônio Lobo
*Avenida Nossa Senhora de Fátima
*Avenida Abdo Najar
*Avenida dos Bandeirantes
*Avenida da Amizade
*Rua Dom Pedro II
*Rua Fernando de Camargo
*Rua 30 de Julho
*Rua Dom Bosco

Saúde

A cidade é privilegiada no atendimento às necessidades de saúde da população, graças aos investimentos da Prefeitura na manutenção de um dos melhores e mais bem equipados hospitais públicos, dos 20 postos de saúde e uma policlínica, que formam uma rede bem aparelhada para o atendimento ao município.

Além dessa rede municipal que oferece atendimento gratuito, tem o reforço de seis hospitais particulares, dando uma ótima relação leito/habitante, acima da recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Hospitais

;Particulares:
*Hospital Unimed
*Hospital Cliníca São Lucas
*Hospital São Francisco
*Serviço de Assistência Médica de Americana (Samam)
*Sanatório Espírita de Assistência e Recuperação de Americana (Seara);Públicos:
*Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi
*Hospital Infantil André Luis
*Hospital Dia Luiza da Motta Tebaldi [http://www.americana.sp.gov.br/Legislacao/Leis/4544.htm]

Administração

Prefeitura

Atualmente, o poder executivo na cidade é exercido pelo prefeito Erich Hetzl Júnior (2005/2008), pelo vice-prefeito José Zazeri e pelos secretários municipais nomeados pelo prefeito.

Câmara

A Câmara Municipal de Americana é composta por treze vereadores, e é dirigida pela Mesa Diretora, que é eleita pelos vereadores a cada dois anos. O atual presidente da câmara (2007/2008) é Marco Antonio Alves Jorge e o vice-presidente Antônio Carlos Sacilotto.

Gallery

Official calendar of holidays

ee also

* List of cities in São Paulo, Brazil
* Confederados

References

External links

* [http://www.webbusca.com.br/pagam_americana.htm Americana Yellow Pages]
* [http://www.crwflags.com/fotw/flags/br-sp-aa.html Flags of the World - Americana, São Paulo State (Brazil)]
* [http://www.americana.sp.gov.br/esmv4/americana.asp?codsub=0&codcat=0&codit=0 www.americana.sp.gov.br]
* [http://www.braziltravel.com/cities/saopaulo/region/ Attractions region São Paulo]


Wikimedia Foundation. 2010.

Look at other dictionaries:

  • Americana (Sao Paulo) — Americana (São Paulo) Pour les articles homonymes, voir Americana. 22°44′20″S 47°19′50″O / …   Wikipédia en Français

  • Americana (São Paulo) — 22.733333333333 47.333333333333 Koordinaten: 22° 44′ S, 47° 20′ W Americana …   Deutsch Wikipedia

  • Americana (São Paulo) — Pour les articles homonymes, voir Americana. 22°44′20″S 47°19′50″O / …   Wikipédia en Français

  • Sao Paulo (Bundesstaat) — São Paulo Abkürzung: SP Fläche: 248.808,8 km² Einwohner: 37.032.403 (2001) Bevölkerungsdichte: 148,84 Ew/km² Hauptstadt: São Paulo Anzahl d. Gemeinden: 64 …   Deutsch Wikipedia

  • Sao Paulo — São Paulo Wappen Flagge …   Deutsch Wikipedia

  • São Paulo — São Paulo …   Deutsch Wikipedia

  • Sao Paulo — São Paulo Demande de traduction São Paulo → …   Wikipédia en Français

  • Sao Vicente (Sao Paulo) — São Vicente (São Paulo) São Vicente est une ville brésilienne du littoral de l État de São Paulo. Elle se situe par 23° 57 46 de latitude sud et par 46° 23 31 de longitude ouest, à une altitude de 0 mètre. Sa population était de 329 370 habitants …   Wikipédia en Français

  • São Roque (São Paulo) — São Roque Vue de São Roque Blason de São Roque …   Wikipédia en Français

  • São Paulo (state) — Infobox Brazilian State name = State of São Paulo motto = Pro Brasilia Fiant Eximia (Latin) For Brazil Great Things Are Done anthem = Bandeirantes Anthem capital = São Paulo latd=21 |latm=49 |latNS=S |longd=49 |longm=12 |longEW=W largest city =… …   Wikipedia


Share the article and excerpts

Direct link
Do a right-click on the link above
and select “Copy Link”

We are using cookies for the best presentation of our site. Continuing to use this site, you agree with this.